domingo, 12 de dezembro de 2010

CARÁTER CRISTÃO - Série: Esvaziar a si mesmo III

FP 2.5-11



Nós como crentes em Cristo, precisamos ter nosso caráter tratado por Deus, de tal maneira, que a vida de Cristo, seja a nossa própria vida. Foi isto que Paulo Disse: "Não mais eu vivo, mas Cristo vive em mim...", Gl 2.20. Precisamos também, ter a mente de Cristo, 1 Co 2.16, "Nós porém, temos a mente de Cristo".

No presente texto, Paulo nos mostra que como crentes em Cristo, precisamos ter o mesmo sentimento que houve em Cristo Jesus. Quais foram as características do sentimento de Jesus que precisamos adotar? Vejamos:

I - ESVAZIAR-SE A SI MESMO -VS. 7

O termo original, traz a idéia de "anular-se", "tornar-se sem efeito", "privar-se", "esvaziar-se".

Isto nos mostra o fato de que Jesus, embora, possuindo todas as glórias da divindade, não considerou esta posição, mas veio a este mundo como que desprovido dela, para viver a vida, como homem:

a. Vs. 6-7, "6 pois ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus; 7 antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana".

b. 2 Co 8.9, "Porque já sabeis a graça de nosso Senhor Jesus Cristo que, sendo rico, por amor de vós se fez pobre; para que pela sua pobreza enriquecêsseis".

"Esvaziar-se a si mesmo", significa liquidar o egocentrismo, reduzi-lo a pó. Vejamos alguns versos na Palavra de Deus:

a. 1 Co 10.24, "Ninguém busque o seu proveito próprio...".

b. 1 Co 13.5, "O amor não busca os seus próprios interesses".

Aplicação: Quantos têm desenvolvido um sentimento de "busca dos interesses próprios?"

II - ASSUMIR A FORMA DE SERVO-VS. 7

1. A palavra traduzida por "servo", é a palavra grega "doulos", que traz a idéia de "escravo", "alguém sujeito ao serviço", "o servo".

2. Como no conceito anterior, Cristo nunca foi servo e sim sempre Senhor. Porém, espontaneamente, Ele "tomou" a forma de "servo". Assumiu esta posição, para nos trazer o exemplo de como devemos nos portar na obra de Deus. É importante observarmos o sentido da palavra traduzida por "forma", que é a palavra "morfhe" no grego. Esta palavra indica o aspecto externo de alguma coisa. Jesus foi o servo por excelência:

Mt 20.28, "Bem como o Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir, e para dar a sua vida em resgate de muitos."

Jo 13.12-15, "12 Depois que lhes lavou os pés, e tomou as suas vestes, e se assentou outra vez à mesa, disse-lhes: Entendeis o que vos tenho feito? 13 Vós me chamais Mestre e Senhor, e dizeis bem, porque eu o sou. 14 Ora, se eu, Senhor e Mestre, vos lavei os pés, vós deveis também lavar os pés uns aos outros. 15 Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também".

A autoridade se conquista, não se impõe. Sua autoridade, será aumentada, na proporção em que você aumentar sua condição de servo.

III - A SI MESMO SE HUMILHOU - VS. 8

1. No original, a palavra "humilhar-se", vem do grego "tapeinoo" e traz a idéia de "nivelar-se", "rebaixar-se", "degradar-se", "aviltar-se", "se comportar de maneira modesta", "se destituído de toda arrogância".

2. Jesus viveu entre nós praticando a mais elevada e perfeita humildade.

1 Pe 2.21-23," 21 Porque para isto sois chamados; pois também Cristo padeceu por nós, deixando-nos o exemplo, para que sigais as suas pisadas.

b. Tg 4.6, "Deus resiste aos soberbos e dá graça aos humildes", e no Vs. 10, temos: "Humilhai-vos perante o Senhor, e ele vos exaltará".

IV - TORNAR-SE OBEDIENTE -VS. 8

A Palavra de Deus, nos mostra que Jesus, quando veio ao mundo, não trouxe consigo a obediência, mas "tornou-se obediente". Ele tanto podia obedecer a Deus, como desobedecê-lo, Hb 5.8, "Ainda que era Filho, aprendeu a obediência, por aquilo que padeceu".

A obediência, é outra dinamite de poder espiritual. Devemos aprender a obedecer para sermos usados grandemente por Deus. Alguns textos da Palavra de Deus, nos mostram a obediência em operação:

a. Fomos gerados "filhos da obediência", 1 Pe 1.14, "Como filhos obedientes, não vos conformando com as concupiscências que antes havia em vossa ignorância".

b. Fomos eleitos para a obediência, 1 Pe 1.2, "Eleitos segundo a presciência de Deus Pai, em santificação do Espírito, para a obediência e aspersão do sangue de Jesus Cristo: Graça e paz vos sejam multiplicadas".

Aplicação: Que posição a obediência ocupa em você?

CONCLUSÃO

1. Para sermos usados grandemente por Deus, precisamos cultivar o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus:

a. Em sua maneira de "esvaziar-se a si mesmo".

b. "Assumir a forma de servo", como Ele.

c. "Humilhar-se", como Cristo humilhou-se.

d. "Ser obediente", 1 Sm 15.22-23, "22 Porém Samuel disse: Tem porventura o Senhor tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se obedeça à palavra do Senhor? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar; Amém.





Projeto Benção em Ação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário